sexta-feira, 30 de julho de 2010

Conheça os fenômenos El Niño e La Niña .

O fenômeno natural El Niño, que provoca aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico Equatorial, modificando os padrões climáticos em todo o planeta, perdeu força no início de 2010, dando lugar ao fenômeno La Niña (”a menina”, em espanhol).

Menos conhecido da população em geral, o La Niña também causa mudanças climáticas temporárias em escala global, alterando a circulação e o transporte de calor e de umidade em vários pontos do planeta. Ao contrário do El Niño, o La Niña apresenta o resfriamento da camada superficial das águas do Pacífico tropical. 
Ambos os fenômenos são responsáveis por eventos climáticos extremos no mundo, e no Brasil alteram os padrões pluviométricos, provocando longos e intensos períodos de estiagem e/ou precipitação em forma de tempestades com grandes volumes de chuva em períodos curtos de tempo. Assim como o El Niño, o La Niña ocorre em intervalos de 2 a 7 anos, com duração de, aproximadamente, 9 a 12 meses. Por outro lado, as alterações de temperatura no Pacífico ou TSM (temperatura da superfície do mar) são diferentes: em anos de La Niña, a TSM sofre queda de 1 a  2ºC enquanto em eventos de El Niño a TSM aumenta, em média, de 4 a 5ºC.

 
Veja as principais alterações provocadas no Brasil:

Principais alterações globais:



El Niño - CPTEC
El Niño - CPTEC

La Niña - CPTEC

La Niña - CPTEC


 
Assim, o inverno, que é uma estação do ano tradicionalmente chuvosa no Nordeste brasileiro, está sofrendo pelo acúmulo de eventos naturais que ocorrem simultaneamente. O período das chuvas está sendo agravado pelo aquecimento anormal das águas do Atlântico tropical - de aproximadamente 1,5ºC - e pela chegada do La Niña, que deve aumentar sua influência ao longo do inverno. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a consolidação do fenômeno deve manter um volume um pouco maior de chuvas durante os meses de julho e agosto. Para mais informações acesse o site do CPTEC - Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos. (Fonte: Blog de Geografia)
 Professor Marcelus
:)

4 comentários:

  1. num entendi porra nenhuma !!
    aff:@
    puta que pariu !!!

    ResponderExcluir
  2. esse tema é muito complicado ainda mais por que ainda está em estudos. e eu n estou conseguindo fazer o meu trabalho aff.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são livres e individuais, desta forma de total responsabilidade de seu autor!

Regras básicas:
- seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- comentários ofensivos ou de mau gosto serão excluídos;
- se quiser deixar sua URL ou seu email use a opção openID;
- aproveite e inscreva-se no blog do Geografando.

Sua opinião e contribuição são sempre importantes!!