segunda-feira, 8 de setembro de 2008

A má distribuição de renda no Brasil.

SEGUNDA, 08 DE SETEMBRO DE 2008.

     "O Brasil está deixando de ser um país de pobreza absoluta para ser um país de pobreza relativa, diminuindo a distância entre o topo e a base da pirâmide", afirmou o presidente do Ipea, Marcio Pochmann. Segundo ele, a diminuição da taxa de pobreza nessas seis regiões metropolitanas, que correspondem a 1/4 da população brasileira e 2/5 do Produto Interno Bruto (PIB) reflete o resultado do crescimento econômico, com maior número de empregos e renda. Na avaliação de Pochmann, os programas de transferência de renda também contribuíram para esse resultado, assim como o aumento do salário mínimo. Ele ressaltou, no entanto, que a pesquisa capta basicamente a renda oriunda dos rendimentos do trabalho e a aposentadoria. (fonte: Estadão)

   
Segundo dados da pesquisa, existem 10,2% da população brasileira vivendo em famílias com renda inferior à linha de indigência e 30,1%, com renda inferior à linha da pobreza. O Brasil está entre as 10 maiores economias domundo, se analisarmos o PIB per capta do Brasil notamos que apenas 36% dos países do mundo possuem um valor superior ao do Brasil, mas o seu grau de pobreza é bastante superior à média desses países. A população pobre do Brasil representa 1/3 do total, enquanto em nestes países a média é de 1/10.

    
Esses dados demonstram que a origem da pobreza do Brasil não está na falta de recursos mas na má distribuição dos recursos existentes.  A renda média dos  mais ricos do país é 28 vezes maior do que a renda média dos mais pobres. Nos EUA, por exemplo, a proporção é de 5 vezes; na Argentina, 10 vezes e na Colômbia, 15 vezes. Poucos detêm muito e muitos não detêm quase nada.

    
A conclusão é de que o enorme grau de desigualdade na distribuição de renda constitui-se como o principal determinante da pobreza no país. As políticas de combate à pobreza adotadas pelo Governo ainda não são eficazes. Se mantiver o ritmo atual, o Brasil só deve cumprir em 2019 o compromisso de reduzir a pobreza pela metade, e não em 2015, prazo fixado pela Cúpula do Milênio das Nações Unidas.

   O Brasil não é um país pobre, mas um país extremamente injusto e desigual, com muitos pobres", é o que diz o estudo, segundo o IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.
Professor Marcelus

16 COMENTÁRIOS:

Rodolfo Belentani - 1Cm1 - 12.957 sábado, setembro 20, 2008 5:01:00 PM  

O IDH (Índice Desenvolvimento Humano) de um país é calculado utilizando diversos valores. Um desses valores é a distribuição de renda no País.

De acordo com o IDH brasileiro, a distribuição de renda no país é péssima. Isso explica a posição do Brasil no hanking: 72º lugar.

Para melhorar a qualidade de vida dos brasileiros, deve-se melhorar a distribuição de renda do país.
Antes de melhorar a distribuição de renda, é necessário que o Governo implante política para favorecer aqueles que não "têm nada".

van domingo, setembro 28, 2008 9:48:00 PM  

Vanessa Calligaris Medina Coeli 1ºa

Para que o Brasil se torne um país desenvolvido, ou pelo menos com melhores condições de vida, é necessário que haja melhor distribuição de renda e menos pobres, o número de anafalbetos e taxa de natalidade e mortalidade infantil também alteram muito na qualidade de vida do país.

Claudio Roberto Canata Filho 3CMI quarta-feira, outubro 01, 2008 8:15:00 PM  

Isso se torna muito contraditório.
O Governo já implantou várias políticas para favorecer a população "pobre" do nosso país. Lembre-se que no governo Lula, foram criadas diversas. Bolsa família, bolsa escola, bolsa esmola, bolsa disso e bolsa daquilo...são vários exemplos disso. Mas será que realmente essa é a solução?
Uma prova de que o senso comum atrapalha o brasileiro, é que ninguém acredita que hoje no Brasil, existem empregos de sobra. O que realmente falta, é mão de obra especializada.
Se o governo investisse no ensino, conseqüentemente, com toda a certeza do mundo, o Brasil sairia dessa posição no "hanking" (risos)
Não se esqueça que além de calcular a distribuição de renda do país, o IDH mede alfabetização, educação e esperança média de vida.
Portanto não devemos nos limitar apenas em exigir do nosso governo, uma política para beneficiar os que "não tem nada" (apesar de existirem inúmeras)

Anônimo quarta-feira, maio 06, 2009 4:54:00 PM  

O Brasil detêm uma arrecadação autíssima ficando somente atrás da Turquia na arrecadação de impostos.Também sofrendo de problemas estruturais,graves os quais afetam assim vários segmentos da sociedade.

Anônimo quarta-feira, julho 07, 2010 7:57:00 AM  

É preciso controle na distribuição e aplicação dos recursos públicos, gerados no pagamento de impostos realizados por nós.O governo recebe muito bem, mais o dinheiro fica no caminho.As intenções de alguns políticos são boas, mas a maioria desvia recursos do povo, para benefício próprio.FISCALIZAÇÃO E CADEIA PARA OS LADRÕES.ESTAMOS SENDO ROUBADOS TODO DIA. Em média de R$ 100,00 reais que compramos no mercado R$ 45,00 vai para os governos. Para fazer o que ? Cadê a justiça de nosso país ?

Ensino,religião e política. criticas. domingo, novembro 28, 2010 9:49:00 AM  

Paternalismo.

Este negocio de paternalismo e coisa de governo populista é para mostrar que são bonzinhos. Para os que não entendem de política eles parecem bonzinhos, mas na verdade, estão e comprando voto de uma maneira velada. Se o governo fosse bom mesmo, não agiria assim dando esmola para os mais pobres. O interessante: em primeiro lugar seria, fechar o ralo por onde o dinheiro dos impostos escoa direto para as contas bancarias dos corruptos, corruptos estes que falam sempre nos julgamentos que não sabem de nada, não fizeram nada, são uns verdadeiros santinhos. Com o ralo fechado iria sobrar mais dinheiro para investir em programas sociais, com isso geraria mais empregos. Com a geração de mais empregos as pessoas teriam o seu próprio salário e não dependeriam mais do bolsa família. Recuperando com isso sua dignidade e poderia andar de cabeça erguida sem o constrangimento de ser um necessitado um peso para o estado.

Paulo Luiz Mendonça. Autor do livro Crônicas indagações e teorias. Editora Scortecci.

http://pauloluizmendonca.judblog.com

Anônimo sábado, junho 11, 2011 9:31:00 AM  

População intranqüila.

Todos estão aturdidos, sem saber o que fazer com a falta de segurança que ronda todas as cidades brasileiras.
Para sabermos onde esta a raiz do problema é preciso fazer primeiro um exame de consciência para sabermos de quem é a culpa. A grosso modo o Brasil se divide em três classes sociais, os ricos, a classe media e os pobres.
Primeiro, o problema esta na má distribuição de renda, porque o bolo esta sendo dividido de maneira desumana.
Segundo fator é os exorbitantes impostos os quais sobrecarrega todas as classes sociais, com um peso mais sufocante para a classe pobre que não tem de onde tirar para sustentar a ganância do governo.
Terceiro, é a falta de consciência política, essa falta e que leva políticos corruptos e até fixas sujas a exercerem cargos publico.
Quarto, É a falta de cultura, associada a uma pitadinha de desonestidade que todo brasileiro tem, este mau costume esta na nossa formação social, é popularmente chamado de jeitinho brasileiro.
Este é o quadro que representa nosso país. Quanto a distribuição de renda, ninguém quer abrir mão das suas arrecadações sejam elas honestas ou desonestas, todos querem manter seu padrão de vida inviolável, é a lei do quem pode mais chora menos.
Com referencia aos impostos, também os políticos de plantão não abrem mão das polpudas arrecadações as quais enchem os cofres públicos para serem distribuídas para os corruptos e seus apadrinhados.
O ultimo é o mais complicado é a falta de cultura, esta depende do ensino, publico o qual atualmente está no seu mais baixo nível em toda a historia do nosso país. Aquela pitadinha de desonestidade é uma coisa sem solução isso ira demorar por muitos e muitos anos para ser corrigida, é como diz o ditado gato perde o pelo, mas não perde o vicio.
Algumas explicações no meu ponto vista, em relação á falta de segurança que é imposta a todos pelo fruto amargo que são os marginais, fruto este que é plantado e cultivado por uma sociedade capitalista, selvagem e desumana. continua.

Anônimo sábado, junho 11, 2011 9:34:00 AM  

Continuação, da população intranquila.

Como o pobre desvalido pode reagir diante de tantas dificuldades.
Quando o coitado nasce, enfrenta o péssimo atendimento nas maternidades do SUS, em seguida são jogados nas creches da vida para que sua mãe possa trabalhar, com uma alimentação precário seu cérebro se forma com deficiências, em seguida vai para a escola publica com um ensino medíocre, quando ele vai para a escola muitas vezes sem um agasalho adequado, vê seu coleguinha de classe todo bem vestido e agasalhado. A medida que vai crescendo , vê nas novelas da televisão, aquelas vidas fartas, casas espetaculares, mulheres sensuais. E ele em uma simples moradia de periferia ou em favelas, A mídia incentivando o consumismo divulga milhares e milhares de produtos para serem consumidos. Tendo um pai pobre e miserável o qual não pode lhe dar nada daquilo, na cabeça daquela criança com o cérebro mal formado pela má alimentação gera uma indignação. Mesmo que ele queira trabalhar para ter uma situação melhor não pode a lei não permite, só com dezesseis anos. Sem o que fazer depois da aula ele perambula pela rua até encontrar um traficante que o adota, daí para enveredar no crime é apenas um passo.
Conclusão os ricos compram carros brindados para se protegerem, a classe média procura se proteger contratando seguranças, se refugiando em apartamentos, mesmo assim vivem de sobressalto, não conseguem ter paz, para os pobre nem se fala é uma insegurança total.
A solução é, os ricos abrirem mão de suas nababescas vidas, para que a renda seja mais bem distribuída, com benefícios para eles mesmos, é só notar que nos países ricos, onde a renda é melhor distribuída não há esta diferença social tão marcante e conseqüentemente nestes países não há marginalidade.
Também a solução é a classe média abrir mão da ganância desenfreada com o desejo de ficar rica e humanizar um pouco mais suas consciências.
Outra solução, e o governo fazer a reforma tributaria, por para funcionar a lei dos políticos fixas sujas e destruir todo arsenal de cabides de emprego que há no serviço publico, com isso enxugará um pouco a maquina administrativa , sobrando dinheiro para ser aplicado em obras sociais. Se for feita todas estas coisas as quais não são tão difíceis, com isso podemos colocar o Brasil nos trilhos, porque ate agora nós temos rodados somente sobre os dormentes da estrada de ferro do progresso.

Paulo Luiz Mendonça.

Anônimo sábado, junho 11, 2011 9:37:00 AM  

OS MAUS INTENCIONADOS

Nós temos o hábito de criticar a política, dizendo que os políticos são corruptos, aproveitadores do estado. Isso não é verdade, os políticos verdadeiros estão na política, porque almejam um melhor futuro para nosso país. Eles estão lá para criarem leis que possam influenciar no nosso progresso. O que temos que entender na política, é saber separar o que é político verdadeiro, e aqueles estelionatários que vêem na política um campo fértil para a aplicação de seus golpes. Estes estelionatários sabem que o controle das finanças do país é extremamente vulnerável, sendo assim eles como são possuidores de uma inteligência privilegiada, a qual é voltada para a maldade, se locupletam com esta vulnerabilidade do estado. Na verdade estes não são políticos são na verdade estelionatários disfarçados de políticos.
Temos solução para este problema? Sim temos; a solução é em primeiro lugar, escolaridade adequada, em seguida, politizar o nosso povo, para que nós cidadãos comum possamos ter discernimento adequado na hora de escolher nossos representantes para exercer cargos políticos.
Infelizmente há pessoas que procurando somente seu bem-estar sem se importar com o todo da população, vota em candidatos duvidosos, que o mesmo, depois de eleito lhe conseguirá um bom emprego. Isso na verdade é compra e venda do voto. Este procedimento na verdade é imoral, porque este cidadão ao vender seu voto, estará prejudicando a população como um todo. Qual conclusão, nós tiramos disso. Este fato acontecendo em todo nosso país é o que tem nos levado ao caos total. Enquanto uma minoria tem suas situações resolvidas, conseguindo seu emprego, muitas vezes sem merecer, a maioria da população esta a mercê de políticos inescrupulosos, que se locupletam nos cofres do estado.

Esta crônica foi extraída do livro Crônicas indagações e teorias autor Paulo Luiz Mendonça. Email, pauloluiz41@hotmail.com

Anônimo terça-feira, novembro 22, 2011 7:30:00 PM  

estou fazendo uma pesquisa para escola e isso é perfeito.obrigado

Anônimo terça-feira, novembro 22, 2011 8:45:00 PM  

eu estou aqui a 20;00h e não consigo imiprimir socorroooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Anônimo terça-feira, fevereiro 14, 2012 12:40:00 AM  

na mnha opiniao o governo e muito altorista

Anônimo segunda-feira, novembro 05, 2012 4:00:00 PM  

oi boa tarde
entrei nesse sait a persquisa escolar
e finalmente encontrei vcs muinto obrigada

Rozimeire meire.lessa@gmail.com domingo, março 24, 2013 2:50:00 PM  

Ola preciso de ajuda com uma pesquisa para faculdade sobre a má destribuição de renda no brasil. Preciso apresentar 10 topicos criando solução para esse problema. Me ajudem por favor

Anônimo domingo, maio 05, 2013 6:30:00 PM  

a má distribuiçao no brasil por que isso acontece .. de uma o pinião sua ae pra me ajuda no meu trbalho escolar

kassia sabino terça-feira, abril 08, 2014 9:11:00 PM  

Óla, Continuando o assunto sobre a má distribuição de renda no Brasil

O Brasil não é exatamente um Pais pobre, ele é comparativamente a renda Per Capita dos outros paises..Ontem estava vendo uma reportagem que estava abordando esse assunto, e vi que eles enganam muito a População com pouca coisa e já no Brasil muitos dos Brasileiros se contentam com essa mentira, sendo que saem dos nossos proprios bolsos mas isso é muito comum já estamos por completo acostumados com as mentiras dos Politicos a respeito do nosso Governo..Eu espero que daqui a uns anos o Governo adote uma providencia para a melhoria de nosso Pais, porque o Brasil é um dos Paises que mais geram impostos isto é, gera riquesas para outros Paises e menas rendas para o Brasil, é muito dificil ter que concordar com essa situação!!

Postar um comentário

Todos os comentários são livres e individuais, desta forma de total responsabilidade de seu autor!

Regras básicas:
- seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- comentários ofensivos ou de mau gosto serão excluídos;
- se quiser deixar sua URL ou seu email use a opção openID;
- aproveite e inscreva-se no blog do Geografando.

Sua opinião e contribuição são sempre importantes!!

NOTÍCIAS

VISITE OUTRAS POSTAGENS